É um fato mais do que comprovado: um bom design é capaz de atravessar gerações. Para validar essa afirmação, é super simples… Basta fazer uma busca rápida de ambientes decorados no Pinterest. A maioria das imagens que saltará na tela do seu computador terá pelo menos uma peça icônica, criada lá atrás, em meados do século 20. Eames, Jacobsen, Saarinen e Le Corbusier são apenas alguns dos designers que deram vida a poltronas vanguardistas – reproduzidas em massa hoje em dia – que se tornaram atemporais e objeto de desejo de muita gente. Tanto encanto não é sem motivos, já que qualquer cômodo é beneficiado pela adição de alguma peça do mobiliário moderno. Quer saber mais sobre a história de alguma das poltronas que fizeram história? Então vem com a gente!

#1 Lounge Chair | Charles e Ray Eames

cadeira couro

cadeiracouro

Aposto que você já se derreteu por uma espreguiçadeira Eames, né? Ela é a perfeita poltrona de leitura, capaz de deixar qualquer cantinho mais sofisticado e estiloso. Uma das mais icônicas peças modernistas, foi criada em 1956 pelo casal de designers norte-americanos Charles e Ray Eames como um presente de aniversário para um amigo, o cineasta Billy Wilder.

#2 Womb Chair | Eero Saarinen

cadeira

cadeira

A poltrona Womb foi criada pelo arquiteto e designer finlandês Eero Saarinen em 1948 a pedido de Florence Knoll. A peça é considerada uma das mais confortáveis criações do designer.

#3 Egg Chair | Arne Jacobsen

cadeira egg couro

cadeira egg couro

A poltrona Egg, do dinamarquês Arne Jacobsen, foi desenhada em 1958 especialmente para o Hotel Royal SAS, de Copenhagen.  Uma das peças mais populares do designer e arquiteto, ganhou esse nome em razão do seu formato curvo.

#4 Swan Chair | Arne Jacobsen

cadeira couro

cadeira couro

Assim como a poltrona Egg, a Swan (ou Cisne) foi projetada para os lounges do hotel dinamarquês Royal SAS. Seu desenho foi o resultado da pesquisa de Jacobsen sobre as formas fluidas e curvas.

#5 Barcelona

cadeira couro barcelona

cadeira couro barcelona

A Barcelona foi criada em 1929 por Ludwig Mies van der Rohe e Lilly Reich. As primeiras duas peças foram produzidas especialmente para o rei e rainha da Espanha. Mais adiante, ela se popularizou e tanto sucesso levou a criação de uma coleção completa, composta por puff, mesa, poltrona e sofá.

#6 LC2 e LC3 – Le Corbusier, Pierre Jeanneret e Charlotte Perriand

cadeira couro

Desenhado por Le Corbusier, Pierre Jeanneret e Charlotte Perriand em 1928, as poltronas LC2 e LC3 fazem parte da série “Grand Confort”. As peças foram divididas em duas categorias: LC2 ou “Le Petit Modèle”, que são mais compactas, e LC3 ou “Grand Modèle”, maiores e mais robustas.

#7 Wassily Chair – Marcel Breuer

cadeira couro

cadeira couro

Projetada em 1925 pelo arquiteto e designer norte-americano Marcel Breuer, a poltrona Wassily é o grande clássico da sua produção. Dizem que Breuer inspirou-se na estrutura de uma bicicleta para criar a poltrona de aço tubular. Ela também integrava o projeto de interiores do apartamento do pintor Wassily Kandinsky.

#8 Butterfly | Antoni Bonet, Juan Kurchan e Jorge Ferrari-Hardoy

cadeira couro

cadeira

A Poltrona Butterfly nasceu da parceria do catalão Antoni Bonet com os argentinos Juan Kurchan e Jorge Ferrari-Hardoy. Ela foi criada em 1938 e também é chamada de Hardoy Chair ou BKF. A peça superfuncional e leve é composta por uma armação de metal envolta por uma única peça de tecido. Em 1941, ela ganhou o prêmio MoMA.

#9 Poltrona Mole | Sergio Rodrigues

cadeira

cadeira

A Mole é uma das peças mais emblemáticas do mobiliário moderno brasileiro. Ela foi projetada pelo designer Sergio Rodrigues em 1961. É composta de uma estrutura de madeira com tiras de couro ajustáveis ​​que dão suporte às almofadas de couro. Com um visual confortável, a peça recebeu o primeiro prêmio na IV Bienal Mobiliário na Itália.

#10 Papa Bear Chair | Hans Wegner

cadeira

cadeira

A poltrona Papa Bear foi criada pelo designer dinamarquês Hans J. Wegner, em 1951, considerado por muito como o “mestre das cadeiras”. A peça foi a primeira a ser produzida na oficina de marcenaria PP Møbler e marca o início da longa parceria entre eles. Os apoios de braços de madeira foram projetados para lembrar os braços de um urso e abraçar com muito conforto a pessoa sentada.

via: casadevalentina.com.br